Transbordar



Eu sempre repeti a mim mesma que me bastava, que minha felicidade era só minha e que eu era auto-suficiente. De tanto repetir o tempo todo que eu estava completa comigo mesma, feliz comigo mesma e era minha melhor amiga e conselheira do meu próprio interior complicado, temperamental e inexplicável,  uma hora eu senti a necessidade de precisar de alguém. Empaquei, procurei. Parecia que de tanto ter certeza que eu estava completa e conhecia até minha sombra tendo ciência de que ela também me abandonava no escuro, parecia que de tanto me sentir completa eu precisava realmente de alguém.
Foi então que desorganizei tudo. Minha mente saiu do sistema solar e tive inicio de crises de mim mesma. Procurei algo que me desse dor de cabeça, que me causasse insônia, eu não queria sossego eu queria simplesmente precisar de alguém que não fosse minha mãe ou meu pai  e assim, perder a cabeça. Acho que foi isso que eu procurei, perder a razão e me perder dentro de mim mesma, mais do que já vivia perdida. Eu me encontrava, mas perdia logo em seguida. Sou complexa como um espelho, onde já se viu ser auto-suficiente e se perder a ponto de não se conhecer dentro de mil pensamentos em ebulição? Isso não dá certo junto.  Mas dava, dentro de mim. Aliás, sempre deu.
Sei que perdi a suficiência simplesmente por não ter o que fazer. Procurei sarna pra me coçar e aqui estou, vermelha e tendo as vertigens dessa alergia. Mas alergias passam, a minha vai passar. 
Tudo se desorganizou, fui atrás e encontrei, encontrei algo que ainda anda perdido sem saber ao menos que se perde toda noite em meus sonhos, e sem saber que embora eu evite, meu subconsciente insiste em lembrar o que não é real, o que não conheço.
Agora, eu me apego a ideia de que preciso, preciso disso. Mas como posso precisar de alguém que vive somente em meu interior? De alguém que meses eu atrás eu sabia somente da existência? Como posso? Essas coisas que nascem por acaso dentro da gente tem um fim, não tem?
Por um momento tudo o que precisei foi de colo, de abraço, de carinho. Por um momento tudo o que fiz foi gritar bem forte a quem eu amo, porque é de verdade. Mas porque a necessidade de precisar de alguém? Alguém de fora? Vi e reconheci que não é fraqueza, é só algo que nasce e toma conta e você quer cortar e não consegue. Algo que é essencial, mas como disse o Pequeno Príncipe, algo que é invisível aos olhos. Mas será que cativei minha flor sem ao menos ter a chance? A flor foi quem me cativou, olha que interessante.
Eu me senti assim, num daqueles jogos de paciência onde você  vê as cartas todas misturadas, fora de ordem e onde uma precisa da outra pra poder formar um jogo. Tem horas que você se pergunta, “cadê o maldito Q, que não aparece, é o que tá faltando pra completar”. Pois é, eu já estava completa e percebi que minha vontade e não necessidade, ou talvez necessidade  era de transbordar e pra transbordar eu me sinto incompleta, como se minha autoconfiança não bastasse, talvez porque estejamos um pouco de mal.
Não sei, mas vou começar tudo de novo, do comecinho. Primeiro um tempo pra mim, amor pra mim, felicidade pra mim. Depois, compartilhar com quem eu amo, afinal, bem comigo mesma é que eu vou poder estar de bem com os outros, não é? E partilhar o amor e as amizades. Quero me encontrar de novo, me sentir completa de novo e assim, lutar por aquela vontade de transbordar, ou talvez necessidade. É tudo isso que eu preciso, ou talvez só precise ir dormir agora e acordar feliz amanhã, como acordei hoje e pretendo acordar sempre.
Mas acho que assim como no jogo de paciência, uma hora tudo se ajeita, não falta nada e o bônus transborda e talvez por me sentir tão perdida agora, é que eu esteja mais prestes de me encontrar novamente e transbordar. Finalmente, transbordar. 

15 comentários:

Stay Luxury

This is pretty amazing. I love it. Thank you for your following my blog!
-I started following your blog too-!

Stay Luxury
xx
http://stayluxury.blogspot.com/

Inês de Castro

Gosto imenso do teu blogue, já te estou a seguir, será que podias dar uma olhadela no meu e seguir ? <3

Beijinhos

http://models-on-the-runway.blogspot.pt/

Sophie

Such a great post!

http://girlonbroughtonstreet.blogspot.co.uk/

fashion inspirations

great picture i like your blog
would you like to follow each other?
check out my new post :D
www.fashion-footprints.blogspot.com
xxx

De Carona Na Moda

Que lindo!
Beijos

www.decaronanamoda.com

Beauty_is_an_attitude

Thanks for your words in my blog. I'm gonna take a look over there!

big kiss!

Beauty_is_an_attitude

Thanks for your words in my blog. I'm gonna take a look over here!

big kiss!

Let's Misbehave

<3!!

M.E

Thanks for your comment on my blog :) of course I will follow! let me know when you follow and I will follow you back :)

http://fashion-gourmet.blogspot.com/

Linda

Love the pic and can really relate to what your writing about!

Thank your for your lovely comment! Sure les follow eachother, let me know whenyouve started and Ill do the same :D

Stop by soon!

X
/L

http://isbla.blogspot.com

Aida

ADorei o post, tao sincero!! Vai correr tudo bem, vais ver! =)


http://placequotehere.blogspot.pt/2012/03/home-sweet-home.html

Fabiana

lovely post!
xoxo
Faby

Vanessa.

Transbordar... Faz bem e é preciso na vida minha querida :)

Adorei o teu blog, estou a seguir-te!

Um beijinho *

Marianna

Thanks for following back!
Lovely post!



http://clothes-and-fairytales.blogspot.com/

christian

stunning looks!

xo


www.mydutchfashionstyle.com